Palavra do Fundador: A certeza de dar certo porque confio em Deus!

A certeza de que vai dar certo é porque eu confio em Deus!

Somos tentados a colocar nossa confiança naquilo que temos!

Não! É preciso ter uma visão pessoal de Jesus!

UntitledEnxergá-lo como um Pastor presente mesmo na nossa vida!

Não desanimar, não se entregar as adversidades! Sempre ter esta valentia de olhar para Deus,no meio das dificuldades, ao invés de jogar a toalha, desistir…Isto é muito agradável a Deus!

Deus se agradou de Gedeão, exatamente porque ele era valente:

“Com esta força que tu tens, vai e liberta o povo!”

“Como?” disse Gedeão, “sou o último da casa de meus pais.”

“Eu estarei contigo!!” Aqui está a beleza desta Palavra, nós aprendermos a colocar nossa confiança em Deus!

A certeza de que vai dar certo é porque eu confio em Deus!

Eu confio, sem desconfiar!

Esta Palavra casa com a inspiração de Deus, com a Profecia dEle hoje no início do Grupo.

Como Ele é nosso Pastor!

É preciso enxergar Deus como meu Pastor!

É preciso ter uma visão pessoal de Jesus! Enxergá-lo como um Pastor presente mesmo na nossa vida!

“Como?? Eu sou o último!”

Não importa! “Eu estarei contigo!” Não importa os recursos que você tem! O que importa é que Eu estarei contigo!!

Eu sou o teu recurso!

“É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha que um rico entrar no Reino dos Céus!”

Hoje em dia as pessoas tem muitas facilidades!

Somos tentados a colocar nossa confiança naquilo que temos!

Não! O pobre da Bíblia é aquele que coloca toda a sua confiança em Deus!

Que cada um coloque sua confiança em Deus!

“Eu estou contigo!”

Às vezes, Deus nos coloca à prova! Temos de vencer nosso limites para colocar nossa confiança em Deus!

As situações se levantam inesperadamente, e nós, humanamente, não estamos preparados! É preciso garantir-se em Deus! E nestas horas, a gente experimenta nossa impotência: não posso fazer nada!

Tudo é limitado! Nossos recursos humanos são muito limitados, nossas profissões! Mesmo o médico!

“Tudo é nada”! dizia uma santa.

Como é importante experimentarmos nossa impotência, isto nos força, quebra nosso orgulho, nos força a colocar nossa confiança em Deus, a nos garantir em Deus!

Profecia de Deus hoje:

“Filhos, filhos meus

Tão certo como estão aqui, Eu estou!

Tão certo como o ar que respiram.

Não vos preocupeis com nada,

Voltem-se para mim,

Confiem em mim.

Tão certo como o ar que respiram, podem contar comigo!

Eu sou o Senhor!

Queridas ovelhas, Eu sou vosso Pastor

Aproximai-vos de mim, Eu sou o Bom Pastor!”

Primeira Leitura (Juízes 6,11-24)

6 11 Depois veio o anjo do Senhor e sentou-se debaixo do terebinto de Efra, que pertencia a Joás, da família de Abieser. Gedeão, seu filho, estava limpando o trigo no lagar, para escondê-lo dos madianitas.

12 O anjo do Senhor apareceu-lhe e disse-lhe: “O Senhor está contigo, valente guerreiro!”

13 Gedeão respondeu: “Ah, meu senhor, se o Senhor está conosco, por que nos vieram todos esses males? Onde estão aqueles prodígios que nos contaram nossos pais, dizendo: o Senhor fez-nos verdadeiramente sair do Egito? Agora o Senhor abandonou-nos e entregou-nos nas mãos dos madianitas”.

14 Então o Senhor, voltando-se para ele: “Vai, disse, com essa força que tens e livra Israel dos madianitas. Porventura não sou eu que te envio?”

15 “Ó Senhor”, respondeu Gedeão, “com que livrarei eu Israel? Minha família é a última de Manassés, e eu sou o menor na casa de meu pai”.

16 O Senhor replicou: “Eu estarei contigo e tu derrotarás os madianitas como se fossem um só homem”.

17 Prosseguiu Gedeão: “Se encontrei graça aos vossos olhos, provai-me por um sinal que sois vós quem me falais.

18 Não vos afasteis daqui até que eu volte trazendo uma oferta, e a ponha diante de vós”. “Esperarei”, respondeu o Senhor, “até que voltes”.

19 Gedeão entrou em sua casa, preparou um cabrito e fez pães sem fermento com um efá de farinha. Pôs a carne num cesto e o caldo numa panela, levou tudo debaixo do terebinto e ofereceu-lho.

20 O anjo do Senhor disse-lhe: “Toma a carne e os pães sem fermento, põe-nos sobre aquela pedra e derrama por cima o caldo”. Ele assim o fez.

21 Então o anjo do Senhor estendeu a ponta da vara que tinha na mão, tocou a carne com os pães sem fermento, e imediatamente jorrou fogo da rocha que consumiu a carne e os pães sem fermento; e o anjo do Senhor desapareceu de seus olhos.

22 Gedeão reconheceu que era o anjo do Senhor e exclamou: “Ai de mim, Senhor Javé, que vi o anjo do Senhor face a face”.

23 O Senhor disse-lhe: “Tranqüiliza-te; não temas, não morrerás”.

24 Gedeão edificou ali um altar ao Senhor e chamou-o Javé-Chalom. Esse altar existe ainda hoje em Efra de Abieser.

Os comentários estão encerrados.