Papa abençoará veículo ecológico em homenagem à “Laudato si”

O Pontífice acolherá e abençoará esta quarta-feira (31/08), à margem da audiência geral que se realizará na Praça São Pedro, o automóvel “Laudato”, uma van diesel adaptada para o transporte de portadores de deficiência, transformada em meio elétrico e rebatizada em homenagem à Carta encíclica “Laudato si” do Papa Francisco dedicada ao ambiente.

O veículo não mais poluidor servirá à União italiana para o transporte de doentes a Lourdes e Santuários Internacionais (Unitalsi) da subseção de Bolzano, nordeste da Itália.

O automóvel ecológico partiu de Passo del Brennero – região italiana do Trentino-Alto Adige – para uma viagem no signo do respeito, da tutela da criação e do abatimento das barreiras arquitetônicas e culturais, passando pelas cidades de Bolzano, Verona, Rimini, Gualdo Tadino e Loreto.

O evento excepcional é promovido pela primeira vez também por um desenho animado que conta o percurso da transformação do veículo poluidor em meio elétrico ecológico.

O Santo Padre abençoará a van antes da audiência geral, no chamado “Arco delle Campane” (Arco dos Sinos), localizado ao lado da Basílica vaticana. Estarão presentes o delegado nacional da Unitalsi para o Jubileu, Alessandro Pinna, e o presidente da Unitalsi de Bolzano, Enrico Broccanello.

“Esta é uma viagem especial que atravessou grande parte da Itália e quer ser também uma homenagem à Carta encíclica “Laudato si” do Papa Francisco. Um sinal de como a nossa Associação está atenta aos temas do respeito e da tutela da Criação, subjacentes à atenção e à promoção da vida, sobretudo mais frágil”, explicou o presidente nacional da Unitalsi, Antonio Diella.

“Para realizar esse projeto foi importante a colaboração e a amizade que nos une à subseção de Bolzano. Esta van estava inutilizada, mas nos pareceu perfeita para a ideia que tínhamos em mente. Com boa vontade e dedicação conseguimos esta aventura e estamos realmente contentes por poder finalmente ver em ação o fruto desse trabalho feito com tanta dedicação”, comentou a presidente da Unitalsi seção Trivêneta, Renata Stevan.

“A mobilidade das pessoas portadoras de deficiência é uma prioridade para a nossa Associação, assim acreditamos nesse projeto para oferecer um serviço ulterior abatendo os custos e reduzindo o impacto ambiental”, enfatizou Broccanello.

“Desse modo, procuramos também responder aos votos do Papa Francisco, que na encíclica “Laudato si” fala de uma técnica colocada à serviço de um progresso mais humano, mais sadio, mais social e integral”, acrescentou o presidente da Unitalsi de Bolzano.

Fonte: Rádio Vaticano

Os comentários estão encerrados.