Papa na vanguarda pela preservação do planeta

Desde sua primeira homilia, o Papa Francisco já expressava sua preocupação pela tutela do Meio Ambiente.

ANSA789180_ArticoloAgora, o Pontífice entra na linha de frente na promoção do debate sobre as mudanças climáticas. Em defesa do desenvolvimento sustentável e como essas mudanças atingem os mais pobres, a próxima encíclica do Papa será um documento de vanguarda e deverá inspirar os líderes mundiais a tomarem decisões concretas para interromper esse ciclo autodestrutivo da humanidade e do planeta.

Atendendo ao um pedido direto de Francisco, a Pontifícia Academia para as Ciências promove, a partir desta terça-feira (28/04), no Vaticano, junto com as Nações Unidas e a Religiões para a Paz, um seminário cujo tema é: “Proteger a Terra, Enobrecer a Humanidade:  as dimensões morais das mudanças climáticas e da humanidade sustentável”.

Encíclica

Na semana passada, o Papa lançou em sua conta no Twitter uma mensagem na qual convida à reflexão sobre o tema. “É preciso cuidar da Terra para que possa continuar a ser, como Deus a quer, fonte de vida para toda a família humana”.

Uma pequena demonstração do que deverá ser o conteúdo da sua Encíclica. Com a presença do Secretário-Geral das Nações Unidas, o Seminário de hoje no Vaticano é um claro chamado do Papa para que a Comunidade Internacional chegue a um acordo concreto na Convenção do Clima de Paris, em dezembro, para reduzir as emissões de gases nocivos causadores do efeito estufa. E não somente: as reflexões encíclicas do Papa servirão de modelo para que esse acordo leve em consideração aqueles que mais sofrem com as mudanças climáticas: os pobres.

Fonte: Rádio Vaticano

Os comentários estão encerrados.