Papa visita Mosteiro e reza diante do “Poço de São Gregório”

Antes de deixar a Residência Apostólica do Catholicos, em Etchmuadzin, o Papa manteve seu último compromisso deste domingo (26/06), antes de regressar a Roma: a visita ao Mosteiro de Khor Virap.

Este é um dos lugares sagrados da Igreja Armênia, situado aos pés do Monte Ararat, perto da fronteira com a Turquia. Antigamente, aquela era uma cidadela fortificada, onde São Gregório, o Iluminador, ficou preso em um poço por 13 anos, por ordem do Rei Tiridate III, férreo perseguidor dos cristãos.

Durante a visita ao Mosteiro de Khor Virap, Francisco e Karekin II acenderam uma vela diante do “Poço de São Gregório”. Depois ambos recitaram suas preces. Eis a oração do Papa:

“Cristo, nosso Deus, guia e doador da paz, conduzi com justiça todos nós no caminho dos vossos passos, para que, com a ajuda da vossa misericórdia, cheguemos, serenamente, ao porto da vida e da salvação, porque vós sois a nossa ajuda e o nosso Salvador. A vós pertencem a glória, o poder e a honra, agora e sempre, nos séculos dos séculos. Amém.

Símbolo da Paz

Ao término da visita, Francisco e Karekin II subiram ao terraço do Mosteiro de onde soltaram duas pombas em direção ao Monte Ararat.

O Monte Ararat, de 5.137 metros de altura, é um símbolo nacional do povo armênio. Ali, segundo a tradição, pousou a Arca de Noé pousou, descrita no livro de Gênesis. Um pedaço da Arca de Noé pode ser visto no museu de Etchmiadzin. A planície do Ararat tem sido o coração da história armênia, lugar de muitas capitais armênias e de numerosas batalhas.

Depois da visita ao Mosteiro, o Santo Padre se dirigiu ao aeroporto internacional de Yerevan, onde se realizou a cerimônia de despedida. O Papa e o Catholicos foram acolhidos pelo Presidente da Armênia, Serzh Sargsyan, acompanhado de sua esposa, com o qual Francisco manteve um breve colóquio privado.

Enfim, após os hinos nacionais e as despedidas das respectivas Delegações, o Pontífice tomou o avião e partiu para Roma, onde sua chegada ao aeroporto romano de Ciampino está prevista pelas 20h40, hora local (15h40 de Brasília). Desta forma, Francisco conclui a 14ª Viagem Apostólica do seu Pontificado.

Fonte: Rádio Vaticano

Os comentários estão encerrados.