Participamos da acolhida da Cruz da JMJ em Vitória 13 de março

Bote Fé

No dia 13 de março de 2013 a Cruz peregrina e o Ícone de Nossa Senhora, símbolos da JMJ desembarcaram na Arquidiocese de Vitória. E, para este momento, a Arquidiocese convidou você, jovem, para já sentir o gosto da Jornada Mundial da Juventude 2013.

06h Acolhida da Cruz e do Ícone de Nossa Senhora, em Fundão (Igreja São José).

Peregrinação à Catedral Metropolitana de Vitória.

12h Missa Solene presidida pelo Arcebispo de Vitória, Dom Luiz Mancilha Vitória.

14h Carreata em direção à Prainha em Vila Velha, com saída da Catedral. Logo depois, Via Sacra até o campinho do Convento da Penha.

18h Ângelus e Reflexão Mariana.

20h Missa presidida pelo Bispo Auxiliar de Vitória, Dom Rubens Sevilha.

22h Show da banda Nacional Rosa de Saron.

23h30 Show com ministérios locais.

00h30 Vigília

03h Encerramento e saída para entrega dos símbolos à Diocese de Cachoeiro de Itapemirim.

A Cruz

A Cruz da JMJ ficou conhecida por diversos nomes: Cruz do Ano Santo, Cruz do Jubileu, Cruz da JMJ, Cruz Peregrina, muitos a chamam de Cruz dos Jovens porque ela foi entregue pelo papa João Paulo II aos jovens para que a levassem por todo o mundo, a todos os lugares e a todo tempo.

A cruz de madeira de 3,8 metros foi construída e colocada como símbolo da fé católica, perto do altar principal na Basílica de São Pedro durante o Ano Santo da Redenção (Semana Santa de 1983 à Semana Santa de 1984). No final daquele ano, depois de fechar a Porta Santa, o Papa João Paulo II entregou aos jovens essa cruz como um símbolo do amor de Cristo pela humanidade. Quem a recebeu, em nome de toda a juventude foram os jovens do Centro Juvenil Internacional São Lourenço em Roma. Estas foram as palavras do Papa naquela ocasião:

“Meus queridos jovens, na conclusão do Ano Santo, eu confio a vocês o sinal deste Ano Jubilar: a Cruz de Cristo! Carreguem-na pelo mundo como um símbolo do amor de Cristo pela humanidade, e anunciem a todos que somente na morte e ressurreição de Cristo podemos encontrar a salvação e a redenção”. (Sua Santidade João Paulo II, Roma, 22 de abril de 2004).

O Ícone de Nossa Senhora

 Em 2003, o Papa João Paulo II deu aos jovens um segundo símbolo de fé para ser levado pelo mundo, acompanhando a Cruz da JMJ: o Ícone de Nossa Senhora, “Salus Populi Romani”, uma cópia contemporânea de um antigo e sagrado ícone encontrado na primeira e maior basílica para Maria a Mãe de Deus, no ocidente, Santa Maria Maior.

“Hoje eu confio a vocês… o Ícone de Maria. De agora em diante ele vai acompanhar as Jornadas Mundiais da Juventude, junto com a Cruz. Contemplem a sua Mãe! Ele será um sinal da presença materna de Maria próxima aos jovens que são chamados, como o Apóstolo João, a acolhe-la em suas vidas” (Roma, 18ª Jornada Mundial da Juventude, 2003).

Veja aonde está A Cruz peregrina e o ícone de Nossa Senhora:

http://www.jovensconectados.org.br/botefe/

Os comentários estão encerrados.